Walmart Marketplace encerra atividades. Isso te afeta?


O Walmart parou. E agora?

No dia 10 de maio de 2019 o Walmart encerrou suas atividades no marketplace e no comércio eletrônico no Brasil. O marketplace, que funcionava desde 2017, representava somente uma parcela mínima das vendas totais do grupo, segundo nota divulgada. Em seu site, a marca anuncia que trabalhará num novo projeto para vendedores e compradores terem melhor experiência.

Dada a notícia, fica mais evidente a importância de aderir a vários canais de vendas. Acreditamos que o Walmart não era o principal marketplace para a maioria dos vendedores, mas e se fosse o seu? Como sua empresa ficaria se o principal marketplace onde ela atua encerrasse as atividades?

Um planejamento de expansão é essencial para a saúde da sua empresa. Esse planejamento é parte do trabalho desenvolvido pelo nosso setor de Customer Success exatamente por ser tão importante.

Selecionei 5 ótimos marketplaces que, se você ainda não faz parte, precisa fazer.

5 marketplaces para aumentar as vendas

Mercado Livre

O Mercado Livre é um dos principais marketplaces do Brasil, ultrapassando a marca de 150 milhões de usuários. Além desta marca, o site iniciou o ano como sendo o 5º mais visitado do País. Considerado porta de entrada para outros marketplaces, vender no Mercado Livre é simples e possui poucos pré requisitos. Por exemplo, o cadastro não necessita de um CNPJ, ou seja, você pode vender como Pessoa Física.

B2W Marketplace

O B2W Marketplace é o canal que permite vendas na Americanas, Submarino e Shoptime. O marketplace possui grande aceitação, inclusive a Americanas iniciou o ano entre os 20 sites mais visitados do Brasil. Existem muitas vantagens de vender no B2W, por exemplo, é o marketplace que mais vendeu na Black Friday de 2018. Não faz parte? Então saiba como vender no B2W Marketplace e planeje sua expansão.

CNOVA / Via Varejo

A CNOVA, atualmente atuando como Via Varejo, é responsável pelos sites das Casas Bahia, Extra, Ponto Frio e Barateiro. Este marketplace aceita uma grande variedade de produtos, dando mais opções ao vendedor. Por serem sites bem conhecidos e de grande aceitação entre o público, é uma aposta certa para estabilidade nas vendas. Veja como vender na CNOVA / Via Varejo e inclua esse martketplace no seu planejamento.

Amazon

Com mais de 20 anos de experiência em e-commerce, a Amazon é o maior e-commerce do mundo. Apesar de ainda estar iniciando as vendas no Brasil, trata-se de um promissor marketplace. Você pode vender com CPF ou com CNPJ em 16 categorias de produtos. Quando o assunto é expansão de marketplace, vender na Amazon precisa estar no planejamento.

Magazine Luiza

Com as grandes inovações feitas pelo Magazine Luiza, o marketplace cresceu de forma abrangente. Junto com a IntegraCommerce, a Magalu oferece várias facilidades para quem deseja utilizar o marketplace. Recentemente, o Magazine Luiza adquiriu a Netshoes, outro grande marketplace. Vender no marketplace do Magazine Luiza só acrescentará benefícios a sua empresa.

De modo geral, todos os marketplaces citados acima são relevantes para um bom planejamento de expansão de vendas. Se por acaso você se sentiu lesado pelo fechamento do Walmart Marketplace, não se desespere. Planeje sua expansão para novos marketplaces e evite depender de um único canal de vendas, seja ele qual for.

A Venda.la tem integração com o Mercado Livre, B2W, CNOVA / Via Varejo, Amazon e Magazine Luiza. Além disso, você contará com a vantagens que nosso departamento de Customer Success oferece. Criaremos um planejamento sustentável e personalizado para que você gerencie melhor e venda mais.

Se você ficou interessado em expandir suas vendas e deseja conhecer as vantagens da Venda.la, consulte um de nossos especialistas pelos telefones (16) 3961-1989 e (11) 2626-5215, ou pelo WhatsApp (16) 99798-7946 e veja em tudo que a Venda.la irá te auxiliar. Se preferir, preencha seus dados e entraremos em contato.

Preencha os dados


Procurando Network? Conheça a Venda.la!

+ Sem comentários

Comente