A sua empresa tem segurança nas informações?


Segurança da Informação

Há um certo tempo, pequenas e médias empresas pensavam que, por não ser de grande porte, não possuíam dados valiosos, por isso não investiam em Segurança da Informação. Justamente por pensar dessa maneira, eram e ainda são os maiores alvos de ataque cibernéticos.

Com o passar dos anos e o avanço da tecnologia, as empresas estão cada vez mais ingressando no mundo digital, utilizando sistemas para gestões diversas em suas operações. Todos os dados disponíveis nesses sistemas são valiosos, então é extremamente importante que estejam seguros. A Segurança da Informação existe exatamente para isso.

Hoje em dia as informações contidas em ambiente digital existem em abundância e, infelizmente, sua segurança pode ser afetada por diversos fatores como o comportamento do usuário, ambiente de trabalho ou de armazenamento, entre outras diversos outros.

Existem alguns pilares para manter as informações seguras. São eles:

  • Confidencialidade: garante que as informações privadas sejam acessadas somente por pessoas autorizadas ou, em alguns casos, somente com a permissão de um responsável. Mesmo restringindo o acesso, quem for liberado deverá ser monitorado e documentar todas as ações realizadas.
  • Integridade: impede que pessoas não autorizadas façam alterações em qualquer dado, ou seja, se algum usuário, independentemente da sua permissão, realizar alguma alteração nas informações, tudo será rastreado e documentado. Os dados serão editados somente por pessoas autorizadas. A integridade da informação passa confiança.
  • Disponibilidade: as informações podem ser acessadas e modificadas por qualquer pessoa que tiver o devido acesso autorizado. No geral, significa ter acesso aos dados para, sempre que necessário, realizar alguma mudança.
  • Autenticidade: garante que a informação vem de uma fonte confiável, ou seja, quem está passando a informação realmente é quem diz ser.
  • Legalidade: garante que a pessoa não negue que assinou a informação por meio de métodos regidos pela legislação.

Vamos te passar algumas dicas para te ajudar a melhorar a segurança das suas informações e para que você possa se atentar mais nesses pontos:

  • Fique atento aos golpes e fraudes: eu sei que você com certeza já ouviu ou já leu sobre diversos tipos de fraudes e golpes reportados em notícias ou em comunidades do Facebook ou WhatsApp, mas ou golpes estão em constante evolução, então é muito importante que você fique atento às mínimas possibilidades;
  • Crie processos: se você tem processos de gestão bem definidos, diminui a possibilidade de sofrer fraudes e cometer erros;
  • Dê acesso somente quando necessário: não comente sobre senhas ou informações técnicas em público, mesmo que entre pessoas conhecidas. Dê acesso somente ao estritamente necessário para os colaboradores de sua empresa;
  • Armazene somente informações necessárias: não armazene informações delicadas de seus clientes que, muitas vezes, sequer serão utilizadas;
  • Faça backup: realize esse procedimento num ambiente seguro e separado do seu atual processo de trabalho. Não é recomendável e nem seguro fazer no mesmo ambiente porque, se acontecer alguma coisa, o seu backup corre grandes riscos de também ser afetado. O empreendedor deve tomar cuidado com backups de documentos sigilosos, não deixando em local com acesso comunitário, armazenando os dados sempre em local seguro e, se possível, restringido com senha;
  • Tenha referência: quando você for contratar uma empresa que terá acesso às suas informações, tenha referências e pesquise sobre ela, afinal, você está disponibilizando o que existe de mais valioso na sua empresa.

Ataques aos dados podem sempre ocorrer, mas, apesar disso, não devemos ter medo da tecnologia, que é uma grande aliada. Procure um profissional de confiança ou um sistema para aumentar a segurança da informação em sua empresa.

+ Sem comentários

Comente