Por que emitir notas fiscais no e-commerce?


Por que emitir notas fiscais no e-commerce?

A nota fiscal eletrônica (NF-e) é o documento que abrange diversas operações, como compra e venda de mercadorias, devoluções de produtos, transferências entre empresas filiais, entre outras. O objetivo é registrar transações entre empresas, ou de uma empresa para pessoa física.

A emissão de notas fiscais é uma forma de garantir a proteção aos direitos dos consumidores e dos deveres de cada parte envolvida, como pagamento de impostos para não haver sonegação.

Existem diversos tipos de notas fiscais, e a utilizada no e-commerce é o modelo 55, que registra a comercialização de produtos. Neste conteúdo vamos te explicar porque é importante emitir notas fiscais em transações online e ainda como fazer isso.

Por que é importante emitir notas fiscais no e-commerce?

Assim como nas vendas presenciais, emitir notas fiscais para vendas originadas em uma loja virtual ou em marketplaces também é importante. Reunimos 5 motivos que explicam a importância desse documento:

1. Segurança para quem compra

É um dever da empresa oferecer segurança para os clientes que estão adquirindo produtos online. A nota fiscal é utilizada como um comprovante de venda, portanto oferece mais segurança para quem compra online, principalmente em alguns casos:

  • Troca de mercadoria: seja por defeito, desistência da compra ou qualquer motivo de troca, visto que geralmente a empresa solicita a nota fiscal para seguir com os processos logística reversa;
  • Originalidade: a emissão da nota fiscal garante que o produto adquirido é original e de procedência confiável;
  • Garantia: a nota fiscal é o documento que comprova em qual dia a compra foi feita, importante para deixar claro o tempo de garantia dos itens comprados.

2. Legalidade das vendas

As vendas precisam ser registradas para que não prejudiquem nem o vendedor e nem o cliente, e a emissão das notas fiscais confirma que a operação é legal.

A Secretaria da Fazenda (Sefaz) analisa as operações comerciais para evitar fraudes. Caso precise, pode notificar empresas que não cumprirem as exigências, pois a emissão de notas fiscais se tornou obrigatória a partir da Lei Federal n. 8.846/1994.

A nota fiscal também garante que a mercadoria foi vendida pelo preço combinado, e que a empresa não emitirá uma nota com valor menor para sonegar impostos. Isso também vai evitar que ela seja multada pela Receita Federal pelo descumprimento da lei.

3. Expansão dos canais de venda

Ampliar os canais de venda é uma boa estratégia para alcançar mais consumidores. Uma boa opção é vender em uma loja própria e também anunciar em marketplaces, que são como shoppings virtuais onde diversas empresas anunciam.

Existem diversos marketplaces disponíveis, e grande parte deles exige emissão de notas fiscais. Como exemplos, podemos citar os marketplaces Amazon e Carrefour, que liberam os valores das vendas só depois que o vendedor enviar as notas fiscais.

4. Credibilidade para a loja

Um e-commerce que emite notas fiscais transmite mais credibilidade aos consumidores. Eles se sentem mais seguros ao comprar na loja e sabem que podem entrar em contato com a empresa caso houver qualquer problema com a mercadoria.

Não emitir notas pode causar uma impressão negativa da empresa. Os consumidores querem uma compra segura, portanto podem optar por não comprar mais de uma loja que sonega impostos, interferindo no faturamento e na credibilidade da empresa.

5. Envio dos produtos aos clientes

Existem diversas opções para que a empresa possa enviar as mercadorias para os clientes com segurança. Diversas transportadoras exigem a apresentação da nota fiscal para que o pacote seja transportado, tendo a certeza que a venda foi realizada de forma legal.

Isso acontece porque a circulação de mercadorias é controlada e a fiscalização pode apreender itens que não contém nota fiscal. Para que sua empresa não tenha esse tipo de problema, mantenha os documentos fiscais em dia.

Como emitir notas fiscais?

Existem meios para que sua empresa possa emitir notas fiscais, alguns gratuitos e outros pagos, mas primeiramente converse com o responsável pela contabilidade a fim de entender quais documentos são necessários para emitir notas. Analise as opções e escolha qual é melhor para o seu negócio:

  • Utilizar um ERP: o uso de um ERP para emissão de notas fiscais oferece mais agilidade na rotina. Além disso, os ERPs oferecem outros recursos para auxiliar na gestão do e-commerce, como integração com plataformas de e-commerce e marketplaces, controle de estoques, separação de mercadorias e envio.
  • Emissores gratuitos: o Sebrae e o Sefaz oferecem ferramentas gratuitas para que as empresas possam emitir notas fiscais. É indicado para quem está começando o negócio e não quer ou não pode investir em um sistema;
  • Plataformas de e-commerce: para quem tem uma loja virtual, é possível verificar se a plataforma escolhida oferece emissão de notas fiscais, inclusive com emissão de algumas notas de forma gratuita com a parceria de um ERP.

Concluindo

As operações de compra e venda exigem a emissão de notas fiscais para garantir a segurança da transação. A empresa que emite se mantém fiscalmente regularizada e o cliente se sente seguro ao comprar.

Escolha uma forma de emitir notas fiscais que seja eficiente para sua empresa e a mantenha em ordem. Te convidamos para criar uma conta no Tiny ERP, experimentar grátis por 30 dias e otimizar a rotina do seu e-commerce.

+ Sem comentários

Comente