Maneiras sustentáveis de economizar na gestão


Maneiras sustentáveis de economizar na gestão

Hoje é dia 05 de Junho, data em que anualmente celebramos o Dia Mundial do Meio Ambiente. A data tem como objetivo apresentar para a sociedade os problemas ambientais e a importância da preservação dos recursos naturais.

Nós, humanos, somos os seres que mais causam impactos negativos no meio ambiente. Apesar disso, o assunto não é muito debatido em sociedade, então não sabemos como melhorar esse cenário imediatamente. Principalmente para as empresas, que possuem um alto consumo de papéis, plásticos e energia.

Pensando nisso, dentro da política dos 3Rs, separei algumas maneiras de economizar e, ao mesmo tempo, ajudar nas questões ambientais.

Pense sempre na política dos 3Rs

Os 3Rs são pilares importantes para a sustentabilidade dentro de sua empresa, além de ser um grande passo inicial. A sigla vem de Reduzir, Reutilizar e Reciclar, que são meios de diminuir o lixo produzido diariamente.

Primeiro R: Reduzir

Quando falamos em “reduzir”, queremos dizer sobre a diminuição de gastos desnecessários, evitando produção de lixo, principalmente.

  • Reduza o uso de descartáveis dentro da sua empresa, como copos para água, copos para café, dentre outros. Influencie seus colaboradores a ter seus próprios copos e canecas individuais, por exemplo, e utilizar durante todo o dia.
  • Reduza o gasto de energia. Comece desligando o monitor durante seus horários vagos, ou até mesmo, desligando o computador, se possível. E sempre que necessário adquirir um novo equipamento elétrico, verifique se ele é econômico.
  • Reduza o uso de plásticos para embalagens dos pedidos. Sabemos que é complicado fazer uma embalagem segura sem plástico bolha, e que o receio de necessitar de uma logística reversa é grande. Uma boa alternativa é utilizar Bio Pack, que é um produto biodegradável feito de milho, podendo ser descartado sem preocupação. Pode ser encontrado facilmente e seu custo não é alto, então você pode pensar em utilizá-lo em sua empresa.
  • Reduza o uso de impressão em casos de transações digitais. Evitando impressões de papéis desnecessários, além de ajudar o meio ambiente, poupa gastos com folhas e manutenção da impressora. Você também evita o acúmulo de papéis usados, que uma hora ou outra serão descartados mundo afora.
  • Reduza o consumo de água na sua empresa. Em casa, sempre lembramos de economizar, mas durante o trabalho as pessoas acabam esquecendo. Então para evitar gastos desnecessários, é importante fazer investimentos. Coloque torneiras temporizadas se possível, ou até mesmo peneiras acopladas na saídas de água e reguladores de pressão já ajudam.

Segundo R: Reutilizar

O ato de “reutilizar” é basicamente dar uma outra utilidade para algo que seria descartado imediatamente. Basta ser criativo e saber aproveitar.

  • Quando for fazer impressões, utilize os dois lados da folha sempre que possível. Caso não dê para utilizar os dois lados durante a impressão, reutilize as folhas posteriormente para anotações, por exemplo. O importante é evitar o uso de papéis sem necessidade.
  • Após utilizar os dois lados da folha, reaproveite-a para outras funções. É muito comum que as empresas adquiram uma fragmentadora de papel para reutiliza-lo nas embalagens dos pedidos. Essa fragmentadora, geralmente, corta as folhas em formatos de tiras, podendo ajudar a manter o produto imóvel dentro da embalagem.
  • Reutilize caixas de papelão para o envio dos pedidos. Muito provável que seu fornecedor lhe envie várias caixas de papelão com os produtos, então sempre que necessário, reutilize-as. As que estiverem boas para reuso, embale. As que estiverem gastas e quebradas, utilize-as dentro da embalagem para ajudar a manter o produto estável.

Terceiro R: Reciclar

“Reciclar” é uma atitude saudável para o meio ambiente e pode ser implementada em empresas de forma simples.

Comece implantando lixeiras de coleta seletiva, que auxiliam muito na hora de separar o lixo gerado na sua empresa. Com isso, você ajuda a dar o destino correto para aquele produto descartado. Em dúvida sobre o que é reciclável ou não? Siga o velho conselho de separar o lixo seco do lixo molhado e já será um belo passo inicial.

Os números da sustentabilidade

O consumo consciente por si só já representa economia na empresa. Essa economia, inclusive, é o principal motivador de engajamento em práticas sustentáveis, segundo pesquisa do Instituto Akatu.

Além da economia gerada pelo consumo consciente, vendedores devem estar cientes de que é um mercado em alta. Sustentabilidade vende, e a mesma pesquisa mostra que a compra sustentável subiu mais de 20% de 2012 para 2018. Estamos falando de um mercado onde aproximadamente 38% em média da população é considerada iniciante ou engajada em práticas sustentáveis.

A priori, os custos para adoção de práticas sustentáveis pode assustar. De fato, implementar políticas de sustentabilidade na empresa é algo que deve ser feito com planejamento e aos poucos. Contudo, trata-se de um potencial mercado a ser explorado. Indicadores da pesquisa mostram que 59% da população acredita que as empresas deveriam fazer mais do que o previsto em lei para benefeciar a sociedade. Isso representa um crescimento de 6% em relação a 2012.

Conclusão

Na prática, implementar políticas sustentáveis no dia a dia de sua empresa não é algo tão complicado. Claro, quanto maior seu nível de engajamento, maiores os custos e dificuldades. Contudo, começar é simples e reflete diretamente na diminuição dos custos fixos que sua empresa possui.

O mercado está aberto para consumir sustentabilidade, trata-se de uma oportunidade. Cabe a você analisar as maneiras mais viáveis de aderir às práticas que mais beneficiarão sua empresa e, claro, o meio ambiente.

Procurando Network? Conheça a Venda.la!

+ Sem comentários

Comente