Drops de E-commerce #7 – A alta do Mercado Shops


Drops de E-commerce #7 – A alta do Mercado Shops

A Venda.la lançou hoje o sétimo vídeo da série Drops de E-commerce, um programa semanal que traz as principais novidades do mundo de e-commerce e marketplaces.

Nesta edição, os assuntos abordados foram:

E-commerce representou 11% das vendas no varejo em 2020

De acordo com o índice SendingPulse, o e-commerce brasileiro chegou a representar 11% do total das vendas no Brasil em 2020. Esse foi o pico da representatividade do comércio eletrônico: depois disso houve um pequeno recuo e ele representa hoje 7% das vendas.

Apesar disso, os números mostram que a pandemia realmente mudou os hábitos dos consumidores brasileiros. Inclusive, diversos estudos indicam que boa parte dessa mudança é permanente, ou seja, o comércio eletrônico não deve perder parte do crescimento que conquistou em 2020.

Fonte: E-commerce Brasil

Veículos autônomos do Alibaba entregam 3 mil encomendas por dia

A Universidade de Zhejiang tornou-se a primeira do mundo a utilizar robôs para realizar a entregas dentro do câmpus. Aproximadamente 3 mil encomendas são entregues diariamente por 22 veículos autônomos do Alibaba.

Para chegar até os dormitórios dos estudantes e entregar os pacotes, os robôs são capazes de passar por multidões e cruzar estradas.

Fonte: LinkedIn

Cresce tendências de varejistas virarem content publishers

Os grandes players do varejo estão cada vez mais estreitando suas relações com o mundo dos conteúdos e mídia online. Alguns marketplaces, por exemplo, já se portam como empresas de mídia e vendem publicidade e espaços em seus canais.

Ainda mais além, a Amazon tem até uma plataforma de streaming e aposta fortemente em conteúdo para aumentar o público engajado com a marca. Essa é uma tendência que não deve parar, já que o consumidor sempre vai se interessar por conteúdo relevante. O tráfego e a venda de serviços estarão cada vez mais atrelados a conteúdos.

Fonte: ProXXima

Magazine Luiza compra Jovem Nerd e entra no mundo da cultura pop

Uma prova da tendência abordada na notícia acima é a nova aquisição do Magazine Luiza. A empresa comprou o Jovem Nerd, uma plataforma multimídia voltada principalmente para o público geek. Com mais de 5,5 milhões de inscritos no canal do Youtube, o grupo de mídia pode oferecer uma ótima possibilidade do Magalu engajar-se com esse público.

A aquisição é mais um movimento do marketplace para compor a estratégia de conteúdo digital da companhia. A empresa já é dona do Canal Tech e do portal Steal the Look.

Fonte: Canal Tech

Braço social da Via Varejo estimula jovens a criarem startups

A Fundação Casas Bahia – um braço social da Via Varejo – se uniu a ONG Junior Achievement para criar o “Desafio Fundação Casas Bahia”. Por meio do programa, estudantes da rede pública com idades entre 15 e 24 anos receberão aulas e mentorias para desenvolverem suas próprias startups.

O objetivo é estimular o empreendedorismo para mais de 3 mil jovens de todo Brasil. O programa começará em maio e terá duração de 4 meses. As startups vencedoras receberão premiação em dinheiro e aceleração do negócio.

Fonte: Exame

Mercado Livre prevê grande alta no Mercado Shops

De acordo com Stelleo Toda, presidente do Mercado Livre, o marketplace pretende investir fortemente no Mercado Shops, a plataforma de e-commerce do canal que permite que os usuários criem suas próprias lojas virtuais.

O Shops já existe há algum tempo, no entanto ele representa uma fração mínima do faturamento do Mercado Livre. Porém, a empresa quer mudar esse panorama. Segundo Stelleo, a ideia é que o Shops represente 10% do GMV da companhia nos próximos 3 anos.

Fonte: Brazil Journal

Drops de E-commerce #8: Assista ao vídeo

+ Sem comentários

Comente