A importância de cadastrar um EAN válido


Quem vende em marketplaces está constantemente precisando se familiarizar com diversas siglas e termos, entre eles o European Article Number, o popularmente conhecido EAN.

Entendemos que por conta da constante evolução dos marketplaces, muitos vendedores acabam não priorizando alguns fatores que podem impactar drasticamente o desempenho de seus anúncios. O EAN é um deles, por isso vamos deixar bem claro o que é e como ele pode ajudar seu anúncio a vender mais.

Afinal, o que é EAN?

EAN nada mais é que um código composto por 13 dígitos. Ele pode ser considerado uma espécie de CPF digital do produto.

Qualquer código de barras é um EAN?

Não! Seu produto ter um código de barras não significa que este código é um EAN válido. Para ser válido, esse código precisa ter sido registrado pelo fabricante.

É muito comum um vendedor pegar um código de barras, cadastrar no marketplace e dar erro no cadastro ou não influenciar em nada no posicionamento do anúncio.

Um exemplo mais recente de marketplaces no cenário nacional que estão valorizando essa informação é a Amazon, onde seu EAN é validado, ou seja, eles verificam se o EAN está registrado pelo fabricante. Inclusive, eu diria que a Amazon é a mais rigorosa com essa informação.

Técnicas para criar um anúncio Campeão de Vendas em Marketplaces

Alguns marketplaces como Mercado Livre, B2W, Via Varejo entre outros, são mais flexíveis com os EANs e não verificam se ele é válido, mas, para influenciar no posicionamento do anúncio, ele precisa ser válido.

Como verificar se o EAN é válido?

Acessando o site EAN-Search você pode verificar se seu EAN é válido.

Como registrar um EAN?

Caso você seja um fabricante, é possível fazer o registro do EAN dos seus produtos.

A única organização responsável por atribuir a licença para codificação de itens comerciais é a Associação Brasileira de Automação (GS1 Brasil).

Como ficam os Kits?

Caso queira cadastrar um kit de produtos, você também deve ter um EAN para esse kit, ou seja, um código único que identifique sua composição.

Vendo produtos sem EAN. O que fazer?

Primeiro você precisa analisar porque está vendendo um produto sem EAN. Na maioria dos casos, se você pesquisar, vai descobrir o EAN de seu produto facilmente.

Se for um produto que o fabricante não criou EAN, você pode estudar a viabilidade de registrar esse produto e ter um EAN válido.

Se o registro do produto for inviável, você precisa estar ciente que seu anúncio não está desempenhando tão bem quanto poderia e como deveria.

Alguns vendedores pegam o EAN de um anúncio similar só para conseguir cadastrar um EAN válido. Essa prática não é aconselhável e pode render penalidades futuras, então tente evitá-la desde já para não correr com ajustes mais para frente.

Qual é a importância de se cadastrar o EAN?

A priori, pode parecer que tudo isso foi criado para dificultar o processo de publicação, mas não é bem assim.

Colocar EAN nos seus produtos é extremamente importante para o marketplace conseguir entender o que você está cadastrando, criar um padrão na navegação do usuário e entregar uma experiência de uso melhor para o comprador. Se a experiência do usuário é melhor, as vendas também serão.

Tendo tudo isso em mente, o EAN ainda pode ajudar você a ganhar produtividade. Os próximos passos dos marketplaces serão automatizar alguns passos da criação do anúncio baseados no EAN, ou seja, inserindo um EAN válido no seu cadastro, o marktplace poderá incluir automaticamente algumas informações padrões desse produto, te poupando tempo e trabalho.

E você? Como você está trabalhando com os EANs para seus produtos? Você tinha plena noção de todos esses aspectos sobre o EAN? Tem algo que não foi abordado que você gostaria de deixar de dica para a comunidade? Comente abaixo.

Aproveite e confira também nosso post falando sobre o que é e como criar o SKU.

Procurando Informação? Conheça a Venda.la!

+ Sem comentários

Comente